20080430

RIP, ALBERT HOFFMANN


Morre inventor do LSD, Albert Hoffmann, aos 102 anos de idade. Em homenagem, deixo um texto do artista lowbrow Alex Gray, autor da pintura ao lado:
'In my portrait of Dr. Hofmann, the eye of transcendental spirit in the upper left hand corner of the painting releases spiralic streams of primordial rainbow spheres of potential, one of which becomes a compassionate alchemical angel, whose tears drip down to anoint or 'create' the LSD molecule that the doctor holds in his hands, and a demon, here identified with Nazi power tugs or pushes at it. LSD opens a visionary gateway to the heart, as shown by the spiral of fractally infinitizing eyes resembling the stripey eye-spheres of the molecule, swirling into the center of the chest. On St. Albert's shoulder blade is a portrait of Paracelsus, the Alchemist of Basel, 500 years ago, who is credited with founding modern Chemistry, yet his alchemical goal was to discover the Philosopher's Stone. Alchemy was the art and science of the transmutation of the elements, like turning lead into gold and the identification of the soul of the alchemist with the chemical transformations as a metaphor of their journey ti enlightenment. Modern Chemistry took the psyche and mystery out of the material weighed and measured world, reducing the world to a heap of atoms. LSD brought psyche back, front and center to the chemical material world. That is partly why I believe that LSD is the Philosopher's Stone, the discovery of which, also in the town of Basel, is the result of an alchemical process put in motion by the great Paracelsus. In the portrait, I painted a lot of LSD personalities and symbolism in the aura of Dr. Hofmann. Some of these people were Dr Hofmann's friends, like Aldous Huxley, Gordon Wasson, Maria Sabina and Richard Evans Schultes. Each of these people had a special connection to psychedelics. Huxley wrote fearlessly about the psychedelic experience in The Doors of Perception and Heaven and Hell, which also talks about Visionary states and works of art.'

Ah, você não sabe nada de inglês? Que pena, hein!

Into the Hollow - Queens of the Stone Age

6 comentários:

  1. adriano5:18 PM

    Por mim ainda bemq ue morreuq ue tivesse levado junto esse idiota do Alex Gray junto e todo esse bando de hippies com suas pinturas coloridas brega.
    Malditos anos 60

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo8:08 PM

      és muito ignorante, se não é o teu tema n venhas para aqui ver isto meu grande otário

      Excluir
  2. adriano5:24 PM

    E esse texto do alex Gray para mim eh digno de uma das baboseiras idiotas escritas pelo Gilberto Gil.
    Sorte de quem nao sabe ler ingles porque doe na alma ler essa papagaiada tentando fazer uma pintura brega parecer grande homenagem enfiando um trilhao de referencias aleatorias no texto sem nem lembrar mais do que tava falando...
    Baby boomer para mim hoje em dia sao baby bummers isso sim. Gente insuportavel

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1:20 AM

    Olha... Eu acho que, no contexto geral, a tradução pictórica dos efeitos do LSD é bem coeso. Se é que essa palavra pode ser usada na mesma sentença com o termo "LSD". Enfim, qual era o assunto mesmo?

    ResponderExcluir
  4. Ai, que texto chato o desse casa. Ácido é bacana, e o Hoffmann foi sem dúvida um grande homem.

    Mas esse texto sem dúvidZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ...

    ResponderExcluir
  5. julio cesar rj10:04 PM

    a vida e uma só
    por isso cada um tem a sua pra fazer oq quiser...
    preconceito e pior q qualquer tipo de droga se nao uma das piores drogas q axiste...

    nao falar mal das pessoas e nao desejar mal a ninguem talves seja por isso q ele viveu ate 102 anos...

    vamos ver ate quantos anos vc q fala mal q deseja mal vai vever...

    paz a todos.

    ResponderExcluir

O sistema de comentários é disponibilizado aos leitores do "Nível 3" exclusivamente para a publicação de opiniões e comentários relacionados ao conteúdo deste weblog. Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste weblog ou de seu autor. Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste weblog reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação de seu autor (nome completo e endereço válido de e-mail) também poderão ser excluídos.